Fonologia (Aula 5): Tonicidade (acento tônico) e acentuação gráfica

Olá pessoal, tudo bem? Seguindo o nosso roteiro de estudos, hoje nós vamos falar sobre acento tônico e o acento gráfico. Vamos lá!

  ACENTO TÔNICO  

O acento tônico de uma palavra indica qual é a sílaba tônica dessa palavra, ou seja: a sílaba que é pronunciada com mais intensidade, com mais força. Essa sílaba pode ser identificada ou não pelo acento gráfico

Por exemplo: na palavra GATO, a sílaba tônica é "GA". Portanto, é nessa sílaba que temos o acento tônico. Porém, nesse caso, não temos acento gráfico marcando essa sílaba tônica. 

Em CAFUNÉ, a sílaba tônica é "NÉ". Portanto, é nessa sílaba que temos o acento tônico. E, nesse caso, temos o acento gráfico (acento agudo) marcando essa sílaba tônica. Não se preocupe, pois vamos aprender, hoje, as regras de acentuação gráfica.


DICA: Geralmente a sílaba tônica é aquela que a gente prolonga quando gritamos a palavra. 

GATO: Olha o GAAAAAAAAAATO!
CAVALO: Olha o CAVAAAAAAALO!
TARTARUGA: Olha a TARTARUUUUUUUUGA!
COELHO: Olha o COEEEEEEEEELHO!

Meu coelho anda muito estranho...
Juro que, ontem mesmo, ele estava miando como se fosse um gato.



  CLASSIFICAÇÃO  

Em relação à sílaba tônica (acento tônica), as palavras podem ser classificadas em:

 Oxítonas: quando a última sílaba for a mais forte 
 Paroxítonas: quando a penúltima sílaba for a mais forte
 Proparoxítonas: quando a antepenúltima sílaba for a mais forte 

Além disso, existem os monossílabos tônicos, palavras de uma sílaba que, por sua vez, é de forte intensidade. 

Vamos, agora, aos exemplos:

CHÁ
(monossílabo tônico)

COMPUTADOR
(palavra oxítona)

BARATA
(palavra paroxítona)

ÓCULOS
(palavra proparoxítona)


Lembre que nas oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas a contagem das sílabas é feita sempre do final para o início da palavra. Portanto, se uma palavra tem, por exemplo, somente duas sílabas, a segunda sílaba será a última, enquanto que a primeira será a penúltima. Ficou um pouco confuso, né? Veja os exemplos:


HISRIA
(é uma palavra paroxítona, pois a penúltima sílaba é a tônica)

TENSO
(também é uma palavra paroxítona, pois a penúltima sílaba é a tônica)


acentuação


Portanto, na palavra tenso, não nos importa que a sílaba "ten" seja a primeira sílaba e "so" seja a segunda, mas sim nos importa que "ten" é a penúltima sílaba e "so" é a última sílaba da palavra.

Em história, não nos importa que "his" seja a primeira, "tó" seja a segunda e "ria" seja a terceira sílaba. O que nos importa é que "his" é a antepenúltima, "tó" é a penúltima e "ria" é a última sílaba. 

Da mesma forma, em paralelepípedo só nos importa que "pí" é a antepenúltima", "pe" é a penúltima e "do" é a última sílaba. 

  ACENTUAÇÃO GRÁFICA  

Agora vamos falar sobre o acento gráfico

Dependendo do timbre, o acento gráfico poderá ser o acento agudo ( ´ ) ou então o acento circunflexo ( ^ ). Usaremos o acento agudo para sons abertos, enquanto que o circunflexo será usado para sons fechados. Basta reparar na diferença entre VOVÔ e VOVÓ.

O terceiro tipo de acento gráfico é o acento grave ( ` ), que é usado para indicar a crase (assunto para outro momento).

Observação: o til (~) não é acento gráfico, mas sim é um sinal de nasalização das vogais.



  REGRAS DE ACENTUAÇÃO  



1) Regra das Oxítonas: acentuamos as palavras oxítonas terminadas em “A(S)", "E(S)", "O(S)", "EM" ou "ENS".

Exemplos: 

também - terminada em “EM”
parabéns - terminada em "ENS"
até - terminada em “E”
maracujás -terminada em “AS”
came - terminada em "O" 

Observação: As palavras oxítonas que terminam com outras letras podem ser acentuadas por causa de outras regras. A palavra AÇAÍ, por exemplo, é uma oxítona que termina em "i", mas ela é acentuada por causa da regra do hiato (veremos daqui a pouco). 

2) Regra das Paroxítonas: se a palavra for uma paroxítona, o acento vai depender de sua terminação. Sendo assim:

=> acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em "EI", "EIS", I", "IS", "US", "UM" e "UNS 

Exemplos:

lei - terminada em "ei"
úteis - terminada em "eis"
xi - paroxítona terminada em "i"
úteis - paroxítona terminada em "eis"
nusparoxítona terminada em "us"
álbum - paroxítona terminada em "um"
runs - paroxítona terminada em "uns"

Cuidado: 
NÃO acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em "ENS". 
Exemplos: imagens, nuvens, itens, jovens. 

=> acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em "L", "N", "R", "X", "ONS, "PS"

Exemplos:

nel - terminada em "l"
fen - terminada em "n"
açúcar - terminada em "r"
rax - terminada em "x"
etrons - terminada em "ons"
ceps - terminada em "ps"

Mais exemplos: látex, vulnerável, âmbar, difícil, próton, elétron, pólen, íon, éter, caráter. 


Observação: veja que nós não acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em "ENS", mas acentuamos as paroxítonas terminadas em "N". Portanto, "hífen" tem acento, pois é uma paroxítona termina em "N",  mas "hifens" não tem, pois é uma paroxítona terminada em "ENS". O mesmo acontece com "pólen" e "polens". 

Cuidado: "item" e "itens" são paroxítonas e não têm acento, pois terminam em "M" e em "ENS", que não são terminações acentuadas das paroxítonas. É errado escrever "ítem" ou "ítens" com acento. 

=> acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em "Ã", "ÃS", "ÃO", "ÃOS", "GUAM", "GUEM"

Exemplos:

ímã, ímãs - paroxítonas terminadas em "ã" e "ãs"
órgão, órgãos - paroxítonas terminadas em "ão" e "ãos"
enguam, enguem - paroxítonas terminadas em "guam", "guem"

=> e, por fim, acentuamos as palavras paroxítonas terminadas em ditongo crescente, seguido ou não de "s".

Exemplos:

bio - paroxítona terminada com ditongo "io"
placie - paroxítona terminada com ditongo "ie"
esponneo - paroxítona terminada com ditongo "eo"
cerinia - paroxítona terminada com ditongo "ia"
nue - paroxítona terminada com ditongo "ue"
gua - paroxítona terminada com ditongo "ua" (como a letra "u" é pronunciada, "gu" não é dígrafo)


3)Regra das Proparoxítonas: essa é mais fácil, pois todas as proparoxítonas são acentuadas!

Exemplos: próximo, paralelepípedo, lágrimas, sábado, música, público, último. 



Calma, já estamos quase acabando


4) Monossílabos tônicos: assim com as oxítonas, nós acentuamos os monossílabos tônicos terminados em "A(S)", "E(S)", "O(S).

Exemplos: chá, pá, pé, pó, mês.


5) Adeus, Trema: a Nova Ortografia baniu o trema (acento usado para marcar a pronúncia da letra "u"). 

Exemplos: tranquilo, linguiça, consequência. 

Exceção: palavras estrangeiras (ex: Gisele Bündchen). 

6) Acento Diferencial: o acento diferencial também foi banido pela Nova Ortografia, mas existem algumas exceções. Confira:

Exceções
pôde e pode - ex: ele pôde ir ontem; ele pode ir amanhã 
pôr e por - ex: pode pôr isso em cima da mesa (verbo); venha por esse caminho (preposição)
pára e para - ex: pára esse carro agora (verbo); isso é para você (preposição)
fôrma e forma - ex: ponha a massa na fôrma; esse bolo tem a forma de uma bola


7) Regra dos ditongos. 


De acordo com a Nova Ortografia, os ditongos abertos "éu", "éi" e "ói" são acentuados somente nas palavras oxítonas (se a palavra for paroxítona, então ela não será acentuada). 

Exemplos: 
Heroico 
(não vai acento no ditongo "ói" porque a palavra é paroxítona)


Cão herói

(vai acento no ditongo "ói" porque a palavra é oxítona)

regras de acentuação



Veja mais exemplos:


Palavras oxítonas: chapéu, caubói, destrói, corrói.

Palavras paroxítonas: ideia, assembleia, paranoico.

Os monossílabos tônicos com ditongo também serão acentuados. Exemplos: céu, dói, réu




8) Regra dos hiatos


O hiato ocorre quando duas vogais se encontram em sílabas diferentes. Por exemplo: na palavra "juiz", as vogais "u" e "i" estão juntas, mas elas se separam durante a separação das sílabas (ju-iz). Portanto, na palavra "juiz" nós temos o hiato "ui".  


Regra Geral: acentuamos as vogais "i, u" tônicas desde que elas sejam hiatos, estejam sozinhas na sílaba ou então acompanhadas por "s" e, além disso, elas não podem ser seguidas de "nh". 

Oxe, não entendeu? 

Nem eu!

Vamos de novo, só que mais devagar:

1) A vogal tônica do hiato precisa ser "I" ou "U"
2) Precisa estar sozinha ou então ao lado da letra "S"
3) Não pode ser seguida de "NH". 


Essas são as três condições para os hiatos serem acentuados. Veja, agora, os exemplos abaixo, observando cada uma dessas cinco condições entrarem em ação:

 saída, saúde, açaí, egoísta, heroína, ciúme, Luís, baú, sanduíche, paraíso, cafeína

Cuidadoo hiato precisa estar sozinho (sa-í-da) ou então acompanhado de "s" (e-go-ís-ta). É por isso que acentuamos  o hiato de "Luís" (ele está ao lado de "s"), mas não acentuamos "Luiz" (não está sozinho nem ao lado de "s"). É por isso que não acentuamos "juiz" (ju-iz), mas acentuamos "juíza" (porque o hiato está sozinho na sílaba: ju-í-za). Com "raiz" ocorre a mesma coisa: "raiz" (ra-iz) e "raízes" (ra-í-zes). 

Observação (1): nas palavras paroxítonas, não acentuamos o hiato se aparecer um ditongo antes dele. Exemplos: feiura, baiuca. A palavra "feiura" tem o hiato "u" e antes dele aparece o ditongo "ei". Porém, como "feiura" é paroxítona, então não usaremos o acento. Por outro lado, a palavra Piauí é oxítona, então mesmo que apareça um ditongo antes do hiato "i" nós usaremos o acento. 

Observação (2): os hiatos formados por vogais repetidas também perderam o acento. Exemplos: voo, enjoo, creem, veem

Lembrete: lembre que não acentuamos os hiatos "I" e "U" seguidos por "NH". Exemplos: rainha, campainha, ladainha


Já estamos acabando, falta pouco!

9) Regra dos Verbos: os verbos "ter" e " vir" ganham acento circunflexo ao serem conjugados na 3ª pessoa do plural. Em seu verbos derivados, os acentos mudam de agudo (no singular) para circunflexo (no plural). Veja os exemplos abaixo:

Ele tem / eles têm
Ele vem / eles vêm 
Ele contém / eles contêm. 
Ele detém / eles detêm
Ele mantém / eles mantêm
Ele provém / eles provêm
Ele intervém / eles intervêm

Observação: não confunda "eles vêm" (verbo "vir") com "eles veem" (verbo "ver"). Não confunda "provir" (derivado de "vir") com "prover" (derivado de "ver")

Parabéns! Mais um assunto estudado! Sorria :)


Um comentário:

  1. parabéns! seu blog é realmente muito bom. explica de maneira simples e de fácil entendimento. gosto muito. obrigada.

    ResponderExcluir

Licença Creative Commons
Blog do Gramaticando, de Vinícius Souza Figueredo, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Brasil, ANO XI. Tecnologia do Blogger.
©