"Para eu" ou "Para mim"?

Gente, esse assunto não tem mistério nenhum! Veja:

PARA EU - sempre vem acompanhado de verbo no infinitivo (onde o "eu" é o sujeito)

PARA MIM - não funciona como sujeito e não vem acompanhado pelo verbo. Funciona como complemento verbal.

Exemplos:

Florentina enviou uma foto do Facebook para eu ver.
Florentina enviou uma foto do Facebook para eu apreciar.
Florentina enviou uma foto do Facebook para eu contemplar
Florentina enviou uma foto do Facebook para mim. 

Foto engraçada Facebook



Veja que, ao lado de "para eu", sempre aparece um verbo no infinitivo (ou seja, terminado em ar/er/ir). Se não tiver verbo, então use o "para mim". Veja outros exemplos:

Para mim, é ótimo falar com você (veja que não tem verbo no infinitivo depois do "para mim").
Getúlia comprou biscoitos para mim na semana passada
Gertúlia comprou biscoitos para eu comer

Agora, PELO AMOR DE DEUS, jamais fale:

Gertúlia comprou biscoitos para "mim comer" (o certo é "para eu comer")
Ronaldo comprou laranja para "mim chupar" (sem comentários...)

Portanto, apenas use o "para eu" se aparecer, na sequência, um verbo no infinitivo (isto é, terminado em ar/er/ir).

O "eu" é um pronome do caso reto e o "mim" é um pronome do caso oblíquo. Enquanto que o "eu" atua como sujeito de uma oração, o "mim" apenas complementa outra oração.

VERBATIM


crédito da imagem: http://pekdek.com/fotos-para-facebook/



Nenhum comentário:

Postar um comentário