"Às custas" ou "à custa"?

"Ele é tão preguiçoso que vive às custas do pai"

É tão comum ouvir a expressão "às custas" em nosso dia a dia, não? Porém, se prepare, pois você vai ficar chocado:

ESTÁ ERRADO DIZER "ÀS CUSTAS"

Oh meu Deus! Eu fiquei falando errado a vida inteira!

O correto é dizer "à custa". Portanto, o exemplo dado deveria ter sido: "ele é tão preguiçoso que vive à custa do pai".

Por questão de curiosidade, só usamos "custas" (no plural) na linguagem jurídica quando tiver o sentido de "despesas com processos".

Pois é... É feio, mas está certo. Dá vontade de ficar falando errado para não pensarem que estamos falando errado XD.

Falando em preguiça, lembrei que eu preciso trocar uma lâmpada da sala...




blogdocaipira.com




3 comentários:

  1. Gostei muito. Aprendi.

    ResponderExcluir
  2. Interessante, mas neste caso "as custas", despesas com o processo, sem crase, não ´e, gramaticando?
    Seu blog é muito bom!!

    ResponderExcluir