Predicativo do Sujeito




Olá!

No assunto de hoje, nós vamos falar a respeito do predicativo do sujeito

O que é Predicativo do Sujeito?


O predicativo do sujeito nada mais é do que um termo que indica alguma característica do sujeito, podendo indicar, por exemplo, uma qualidade, um estado permanente, um estado transitório, uma continuidade de estado ou uma mudança de estado. Veja:



Reginaldo está tonto


O termo "tonto" indica uma característica (tonto) do sujeito (Reginaldo), indicando que, naquele momento, ele está tonto. Então, "tonto" é o predicativo do sujeito e indica um estado transitório (Reginaldo está tonto naquele momento). 

Veja outros exemplos de predicativo do sujeito:

Reginaldo é feliz 
(estado permanente: ele é feliz)

Reginaldo está alegre agora 
(estado transitório, momentâneo)

Reginaldo permaneceu quieto 
(continuidade de estado)

Reginaldo ficou alegre 
(mudança de estado)

Reginaldo se parecia com um E.T. 
(aparência do estado). 

Verbo de Ligação: Esses tipos de verbos ("é", "está", "permaneceu", "ficou", "parecia") expressam estado ao invés de expressarem ação, atribuindo uma característica ao sujeito (ou seja: eles apenas ligam o sujeito ao predicativo do sujeito). Por conta disso, esses verbos são chamados de verbos de ligação.

Essa é uma boa hora para nós revisarmos a transitividade verbal (assunto do capítulo anterior).

Revisando:

Verbo Intransitivo: não exige objeto
Verbo Transitivo Direto: se liga a um objeto sem exigir preposição.
Verbo Transitivo Indireto: se liga a um objeto por meio de uma preposição.
Verbo de Ligação: liga o sujeito ao predicativo do sujeito (é um verbo que não indica ação, mas sim indica um estado, uma característica, uma qualidade do sujeito).

Objeto ou Predicativo do Sujeito?


Não confunda predicativo do sujeito com objeto. O objeto é usado para completar o sentido dos verbos que expressam ação. Se o verbo não expressar ação (ou seja: se o verbo for de ligação e expressar um estado), então nós teremos um predicativo do sujeito. 

Veja os exemplos:

Ambrósio derrubou a escada. 


O verbo "derrubar" indica uma ação. Portanto, "a escada" é um objeto (nesse caso, é objeto direto) e completa o sentido do verbo "derrubar". O verbo é transitivo direto. 


Ambrósio ficou apavorado



A palavra "apavorado" não é objeto, mas sim é um predicativo do sujeito porque expressa uma característica do sujeito (e o verbo "ficou" é um verbo de ligação, ligando o sujeito ao seu predicativo).

Cuidado!

Alguns verbos que expressam ação podem ser usados como verbos de ligação. Veja o exemplo:

Chico andou até o shopping. 
("andou" é um verbo que expressa ação)

Chico andou preocupado 
("andou" é um verbo de ligação, pois indica uma característica do sujeito)

2 comentários:

  1. "Ele foi considerado inocente"

    Nessa frase, "inocente", é predicativo do sujeito ou objeto e por que?

    eu achei num outro site dizendo que é predicativo do objeto, mas fiquei em dúvida pois não consegui identificar o sujeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Simony

      Eu me equivoquei no que eu disse antes, então estou reescrevendo a resposta.

      Na oração "ele foi considerado inocente", o termo "inocente" é o predicativo do sujeito (o site está errado), pois "inocente" se refere a "ele" (que é o sujeito da oração). Observação: como a oração está na voz passiva, "ele" é "sujeito paciente".

      O termo "inocente" seria predicativo do objeto se a oração fosse, por exemplo, "consideraram-no inocente" Nesse caso, "ele" (representado por "-no") é o objeto da oração, então "inocente" é o predicativo do objeto.

      Excluir