Usar "por que", "porque", "por quê" ou "porquê"?

1ª Caso: "Por que" (separado)

1) Por que (sem acento)

Pode ser substituído pelas expressões "por qual razão" ou "por que razão". Note que você pode colocar a palavra "razão" logo depois de "por que". Daí vem a dica:

DICA: por que = por que razão ("por que separado, razão no lado") 

Exemplos:

Por que Jurandir destruiu o computador?
Por que razão Jurandir destruiu o computador?

Conte-me por que Jurandir destruiu o computador.
Conte-me por que razão Jurandir destruiu o computador.


Agora, se "por que" estiver ao final da frase ele receberá o acento circunflexo (por quê). Veja o próximo tópico.


2) Por quê (com acento)


Funciona igual ao "por que", mas recebe o acento quando estiver no final de uma frase. A sílaba "que" se torna tônica, como se estivesse marcando o final da frase, recebendo o acento.


Jurandir destruiu o computador por quê?

Jurandir destruiu o computador? Por quê?


Observe que a dica do "por que separado, razão no lado" continua valendo, já que escrevemos "por quê" separado. 

Jurandir destruiu o computador por que razão?

Jurandir destruiu o computador? Por que razão?


Esse foi o caso do "por que" separado. Sempre que for possível acrescentar a palavra "razão" logo depois dele nós vamos usar "por que" (se não estiver no final da frase) ou "por quê" (caso esteja ao final da frase).

Agora vejamos o próximo caso:


2ª Caso: "Porque" (junto)

3) "Porque" (junto e sem acento)

"Porque" (junto e sem acento) tem o mesmo sentido de "pois". Portanto, "porque" não é usado para fazer perguntas, mas sim para respondê-las.


Jurandir destruiu o computador porque ele ficou irritado com o avião de papel.
Jurandir destruiu o computador pois ele ficou irritado com o avião de papel. 





Veja que a regra do "por que separado, razão no lado" não funciona aqui, já que, nesse caso, "porque" é escrito junto (e não separado.

Jurandir destruiu o computador porque razão ele ficou irritado... 



4) "Porquê" (junto e com acento)

Quando "porquê" é escrito junto e com acento ele faz papel de substantivo. O substantivo é a palavra que funciona como nome e, de modo geral, aparece junto com o artigo "o" (o porquê).

Veja os exemplos e, assim, você vai entender:

Eu só quero saber o porquê de o Jurandir ter destruído o computador.


DICA: A expressão "o porquê" pode ser substituída por "a razão".

Não entendo o porquê de ter ido mal na prova!
Não entendo a razão de ter ido mal na prova!


Para revisar, vamos rever os exemplos:

Por que Jurandir destruiu o computador?
Conte-me por que Jurandir destruiu o computador.
Jurandir destruiu o computador por quê?
Jurandir destruiu o computador? Por quê?
Eu só quero saber o porquê de o Jurandir ter destruído o computador.
Jurandir destruiu o computador porque ele ficou irritado com o avião de papel.



31 comentários:

  1. obrigado nao tava entendendo muito bem agora estou

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, bem claro!

    ResponderExcluir
  3. Quem entendi é outra coisa, lidar com pessoas inteligentes é o máximo, Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. E para uma pergunta com apenas o "por que?" seria com ou asem o acento ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso é com acento. Se o "por que" aparece ao lado do "?" é porque está isolado ou então no final de uma pergunta. Portanto, deve-se escrever "por quê?".

      Excluir
    2. Simplesmente fantástico o blog..me ajudando muito !!

      Excluir
  5. Encontrei esse blog na hora CERTA!

    ResponderExcluir
  6. Por que ninguém nunca me ensiou isso de maneiro tão fácil??? Eu acho que é porque nem mesmo a pessoa que me ensinou sabia usar essa regra corretamente....

    ResponderExcluir
  7. Belo trabalho, obrigada e parabéns!!

    ResponderExcluir
  8. O BRASIL É GOVERNADO NA ATUALIDADE PELO PRESIDENTE LULA.Por quê?
    ESSA QUESTÃO ESTÁ ELABORADA DE FORMA CORRETA?

    ResponderExcluir
  9. Muito bem explicado mesmo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Ela não gosta de mim... não sei por quê.
    não há nenhuma pergunta nessa frase. poderia explicar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me refiro à pergunta no sentido implícito, tendo em vista que, semanticamente, eu posso dizer isso com outras palavras: "Por que ela não gosta de mim?", "ela não gosta de mim por quê?", "ela não gosta de mim não sei por quê". É uma afirmação que trás consigo, de modo implícito, um questionamento.

      Excluir
  11. Faz anos que estudei isso, muito boa a sua explicação! parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Sempre tomei esta explicação como a melhor, mas o site português aí difere em alguma lógica quanto ao porque como pergunta e outros macetes.
    http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=193 Minha pergunta é: Por que esses malditos gramáticos não simplificam as coisas como é no inglês, WHY para perguntar e BECAUSE para responder?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Ciberdúvidas é um site português (e não brasileiro) e existem diferenças entre os porquês usados em Portugal e no Brasil. O Blog do Gramaticando é uma gramática normativa que segue a Nomenclatura Gramatical Brasileira.

      Excluir
  13. Nossa vc é muito inteligente quando vou fazer trabalhos e pesquiso na net sempre acho a resposta no seu site

    ResponderExcluir
  14. Estava com dúvidas no acento circunflexo no que quando se inicia a pergunta e consegui sanar essa, muito obrigada.

    ResponderExcluir