Advérbio (definição)




Meu gato come ração. 



Eu poderia dizer algo do tipo:

Meu gato come ração rapidamente
Meu gato come ração na cozinha.
Meu gato comeu ração ontem
Meu gato comeu rapidamente a ração na cozinha ontem


Perceba que nesses exemplos nós estamos dando detalhes da ação verbal: podemos dar detalhes do modo (ex: rápido, devagar, melhor, pior...), do lugar (ex: na cozinha, no quarto, no Brasil, em Marte), do tempo (ex: ontem, hoje, amanhã), da intensidade (ex: pouco, muito, bastante...) e por aí vai. Essas palavras são os advérbios. São palavras invariáveis que indicam as circunstâncias da ação verbal. Ou seja: os advérbios nos dão detalhes e características da ação verbal. Quando isso acontece, nós dizemos que os advérbios modificam os verbos.




Alguns se flexionam (variam) em grau (ex: pouco/pouquíssimo, perto/pertinho,...), aumentando ou diminuindo a intensidade, além do grau comparativo de superioridade (bem-melhor, mal-pior).

Além dos Verbos...

Os advérbios, além dos verbos, também podem modificar os adjetivos ou até mesmo outros advérbios além de orações inteiras. Veja os exemplos:

Meu gato é muito bom. 
("muito" é um advérbio que intensifica o adjetivo "bom")

Meu gato pula muito bem.
("muito" é um advérbio que intensifica o advérbio "bem", que por sua vez modifica o verbo "pula")


Felizmente, o meu gato é sortudo. 
("felizmente" é um advérbio que modifica a oração inteira)

OBS: muitos advérbios terminam em "mente" (lamentavelmente, rapidamente, felizmente, fatalmente, etc). 

A Classificação

Porém, o mais importante é saber a classificação dos advérbios, ou seja: saber se eles dão a ideia de modo, tempo, lugar, afirmação, negação, dúvida e por aí vai.

No próximo artigo, eu vou falar a respeito da classificação dos advérbios. Clique no link "ir para o próximo artigo".


12 comentários:

  1. eu estou procurando verbos e adverbos e pra mim escrever as definiçoes♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      PARA A NOOOOOSSA ALEGRIA, observe que, ao final da postagem dessa página, tem um link que redireciona o leitor para a página de classificação de advérbios (está escrito "veja a classificação dos advérbios "clicando aqui"). Lá você encontrará todos os advérbios possíveis, além de estarem devidamente classificados (se faltar é porque não inventaram ainda).

      Sobre os verbos, o BG possui diversas postagens, desde a definição até aquelas conjugações desgraçadas e difíceis. Basta observar essa barra lateral direita (ao lado dessa postagem) e acessar a área "MORFOLOGIA". Lá tem o item "Verbo", onde você vai encontrar o que precisa.

      Vlw pela participação,

      Abraço

      Excluir
  2. Anonimo, lembre que "MIM" não faz nada...você deveria ter escrito "eu estou procurando verbos e adverbos e pra EU escrever as definiçoes..." Abs

    ResponderExcluir
  3. Não seria ADVERBIOS??

    ResponderExcluir
  4. Ainda estou aprendendo, mas creio que na frase citada "Meu gato comeu muita ração." 'muita' está se referindo a 'ração' ,e ração é um substantivo, logo, 'muita' nesta frase seria um pronome... Contudo se formamos a palavra "Meu gato comeu muito." aí sim seria um advérbio, pois agora o 'muito' esta se referindo ao verbo... Certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão: se o "muito" for variável ele não será mais advérbio (ex: meu gato comeu muitas bananas).

      Obrigado pela correção. A postagem foi atualizada.

      Excluir
  5. "Meu gato come ração NA COZINHA." No caso, isso é uma locução adverbial de lugar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo.

      O "na" é o encontro da preposição "em" com o artigo "a" (em+a=na) e "cozinha" é um substantivo. Porém, a expressão "na cozinha" deixa de ser simplesmente um encontro entre preposição, artigo e substantivo e ganha o "status" de advérbio, indicando lugar. Como esse "status" aparece em mais de uma palavra (na + cozinha), então nós temos uma locução adverbial.

      Outros exemplos de locuções adverbiais de lugar: "à direita", "por trás", "ao fundo", "na esquina", "ao lado", etc.

      Sua pergunta foi boa. Obrigado pela sua participação.

      Excluir
  6. "É muita falta do que fazer, viu." É = verbo; e MUITA seria o quê? (Não pode ser advérbio, porque diz na definição que é invariável, né?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso, "muita" é um pronome indefinido.

      O advérbio sempre será uma palavra invariável (tanto em gênero quanto em número) que modificará o VERBO. Já o pronome indefinido modificará um SUBSTANTIVO. No exemplo que você deu, o substantivo modificado é "falta". Portanto, a palavra "muita" é um pronome indefinido (mais especificamente um "pronome adjetivo indefinido").

      Explicando melhor...

      Veja outro exemplo: "é preciso muita força de vontade, muito entusiasmo, muitas horas de estudo e muitos momentos de lazer perdidos para atingirmos nossos objetivos". Nesse caso, as palavras "muita" modifica "força de vontade", "muito" modifica "entusiasmo", "muitas" modifica "horas de estudo" e "muitos" modifica "momentos de lazer perdidos". Todas as palavras modificadas são substantivos, assim como em "é muita falta do que fazer".

      Por que é indefinido? Resposta: por que eu não sei exatamente o quanto eu preciso de "entusiasmo", "horas de estudo", etc (palavras modificadas) para atingir o meu objetivo: é algo indefinido.

      Excluir
  7. Olááá!!
    Gostaria de saber se na frase: Não vou mais fazer o trabalho
    Esse não é advérbio de negação e o mais de intensidade??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto, o "não" é negação e o "mais" intensifica o "não". O advérbio, além dos verbos, também pode modificar um outro advérbio.

      Excluir