Interpretação e Redação (exercício 1)



"Titanium" (David Guetta)




L E T R A

Você grita alto
Mas eu não ouço uma palavra do que você diz
Eu estou falando alto sem dizer muita coisa
Fui criticada, mas as suas balas ricocheteiam
Você atira em mim, mas eu levanto

Sou à prova de balas, não tenho nada a perder
Atire, atire
Ricocheteia, mire
Atire, atire
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio

Pode acabar comigo
Mas você é quem terá mais para sofrer
Cidade fantasma, amor mal-assombrado
Erga a voz, paus e pedras podem me quebrar os ossos
Estou falando alto, mas não estou dizendo muita coisa

Sou à prova de balas, não tenho nada a perder
Atire, atire
Ricocheteia, mire
Atire, atire
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Sou feita de titânio
Sou feita de titânio

Dura como pedra, metralhadora
Atirando naqueles que se erguem
Dura como pedra, como vidro à prova de balas

Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio
Sou feita de titânio

Início das Atividades

Você viu, aí em cima, o clipe e a letra da música "Titanium". Agora, faça as questões propostas: 

Nível 1 - Compreensão literária da letra 

1.1) A letra da música pode ser interpretada "ao pé da letra" ou existe uma forma figurada ou simbólica de entender? Você pode explicar sua resposta com suas palavras?

1.2) Sobre o Eu-Lírico (a pessoa tratada na música, que é uma garota): o que está acontecendo com ela? É possível sabermos o que ela está sentindo? 

1.3) Explique, com suas palavras, o que significa esse trecho: 

Você atira em mim, mas eu não caio
Sou feita de titânio

Nível 2 - Compreensão Audiovisual 

2.1) Escreva um pequeno texto que narre a história do clipe. 

Nível 3 - Diálogo Letra\Clipe 

3.1) Relacione a letra da música ao clipe. Analise a temática e explique com suas palavras o que há em comum entre os dois. 

Nível 4 - Prática Escrita

Faça um texto argumentativo que englobe a temática da letra da música "Titanium", de David Guetta. Faça, pelo menos, três parágrafos (um para introdução, outro para argumentação e outro para conclusão). Sua linguagem deve ser impessoal e objetiva. Não banque o doutor em Letras: usa linguagem simples. 

Fim das Atividades
Início dos Comentários 

1.1) Claro que a música não pode ser interpretada ao "pé da letra". Será que a garota é realmente feita de titânio e é a prova de balas? Será que é uma tecnologia nova da SWAT e do FBI? 

A isso chamamos de "linguagem figurada", ou seja: uma linguagem simbólica. Os tiros, na realidade, podem simbolizar tudo aquilo que sofremos na vida. As pessoas ao nosso redor "atiram" palavras e ideias negativas contra a gente. Não somos necessariamente metralhados ao "pé da letra", mas sim, metralhados com palavras, críticas e pensamentos negativos que as pessoas lançam contra nós. Esse pode ser um sentido possível dos tiros explicados na letra. 

"Não somos necessariamente metralhados ao 'pé da letra", mas sim, metralhados com palavras, críticas e pensamentos"

Porém, cada pessoa pode reagir a esse bombardeio psicológico. No caso da garota, ela é feita de "titânio" e os tiros parecem não causarem grandes prejuízos a ela. 

"Você atira em mim, mas eu não caio"

Se os tiros representam, simbolicamente, as coisas negativas que as pessoas lançam contra a gente, então o titânio representa algo que protege a garota desses tiros. Pode ser que ela não dê ouvidos às pessoas que "atiram" contra ela, não aceitando suas palavras. O titânio, metaforicamente, cumpre esse papel: proteger a garota contra os "tiros". 

1.2) Claro que o contexto em que a garota se enquadra não é dos melhores. Ela se encontra num ambiente hostil, onde é ameaçada e sofre ataques de metralhadora. Simbolicamente, ela pode estar sendo sufocada psicologicamente por alguém, cercada por pessoas que querem o seu mal. Entretanto, ela tem coragem e força de vontade para reagir contra suas adversidades. Podem falar mal dela à vontade e podem criticá-la bastante: ela não dá ouvidos a isso, ela não ficará deprimida por causa disso. Podem metralhá-la à vontade com críticas e pensamentos negativos, pois ela não vai "cair", não vai se deixar "abater", pois ela possui um espírito forte de "titânio". 

1.3) Você atira em mim, mas eu não caio. Sou feita de titânio. 

Esse trecho confirma os meus comentários dos itens anteriores. Alguém (você) tem atirado (no sentido figurado) contra ela, mas ela não se deixa abater (cair). Não esqueça de que devemos compreender esse trecho sob o aspecto figurado (metafórico). 

***

Diante de tudo isso, podemos captar o sentido real da letra. Na vida, nos deparamos com grandes amigos e pessoas que querem o nosso bem. Entretanto, sempre encontraremos alguém que vai nos metralhar com suas ideias e pensamentos negativos. Sempre haverá alguém que dirá que somos incapazes, que não temos potenciais, que somos fracos e frágeis. Se o nosso corpo realmente for frágil e aceitar essas palavras, então realmente iremos "cair", iremos afundar, iremos nos frustrar. Porém, se formos feitos de titânio, seremos fortes, iremos suportar as críticas e as pressões das pessoas que querem nos ver cair. As palavras e as críticas negativas vão se chocar contra nós, mas irão ricochetear. Temos que ser à prova de balas, ou seja: não podemos aceitar tudo o que é dito contra nós, tudo o que é dito para nos desmotivar, para nos fazer cair. 

Comentário pessoal:  Não dê ouvidos para aqueles que querem puxar seu tapete e o ver no chão. Entretanto, tudo na vida deve ser equilibrado: aceite as críticas negativas para poder acertar seus erros e crescer, mas não as aceite para se frustar e para se deixar abater. Também não se feche em seu mundo e pense que todos estão errado ao seu respeito. Cuidado para não se tornar orgulhoso, pois o próprio orgulho fará você cair. Tenha equilíbrio e sensatez. 

Você tem algo a dizer sobre isso? Faça um comentário nessa postagem e compartilhe suas ideias!

2.1) O clipe mostra uma garota em meio a um ambiente completamente destruído e, por algum motivo, ela começa a fugir. O lugar se revela e é possível ver que é uma escola. A garota foge de bicicleta, parecendo assustada e não demora muito para percebermos que ela está sendo perseguida. Mais adiante, descobrimos que ela possui alguns poderes e habilidades especiais e que, provavelmente, ela causou uma catástrofe na escola por conta dessas habilidades. Por isso, ela é perseguida pela polícia, que a cerca na floresta, enquanto ela foge desesperada. O clipe termina com ela dando uma espécie de ataque contra seus perseguidores. 

3.1) Os clipes de música possuem natureza altamente artística e nem sempre traduzem integralmente a letra das canções. Nesses casos, quando relacionamos a letra ao vídeo, devemos observar a temática tratada. O clipe mostra uma garota sendo perseguida e a letra releva uma garota num ambiente hostil, onde é "metralhada", mas consegue se proteger. 

Apesar do contexto do clipe ser diferente do da letra, podemos observar que a temática é semelhante: a perseguição, o sentimento de estar encurralado e ameaçado. 

4.1)

Características básicas de uma redação argumentativa:

Seja objetivo (nada de blá-blá-blá).
Use linguagem simples (falar bonito é falar sem erro ortográfico). 
Coesão e coerência (a redação deve evoluir de modo lógico, sem incoerências e tendo seus períodos interligados e coesos). 
Impessoalidade (nada de "eu" no texto)

Quando acabar, dê um título original e mostre ao seu professor. 

***

Por ser um texto mais literário e subjetivo, a letra da música abre, naturalmente, novas opções de interpretação. Tudo o que eu disse aqui, nos comentários, faz parte de minha interpretação pessoal. Caso você tenha tido outra leitura, faça um comentário e compartilhe com a gente! 

Porém, tenha cuidado: eu sou feito de titânio!


7 comentários:

  1. Nossa! Muito obrigada pelas informações!! Era exatamente o que eu pensava sobre a letra e vídeo, mas não conseguia me expressar, explicar em palavras!!
    Att,
    Daniela :D

    ResponderExcluir
  2. Ah, que ótimo Daniela!

    Eu pretendo produzir mais postagens sobre interpretação de textos e produção textual e fico alegre por ter sido útil a você. Portanto, me empenharei em escrever mais postagens desse tipo.

    Obrigado pelo seu comentário e por sua visita,

    Vinic :)

    ResponderExcluir
  3. Adoro esta música! A letra ensina não temer nada, e confiar na força interior! O clip tbm mostra a mesma ideia. O cara arrasou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda Diblasi Rodrigues24 de outubro de 2012 18:41

      Olá!
      Acredito em outra interpretação para essa música, que ao meu ver também faz sentido.
      Fala a respeito de um término de relacionamento onde uma das pessoas deixou de amar a outra e assim terminou.
      Seguinte:

      Você grita alto
      Mas eu não ouço uma palavra do que você diz
      Eu estou falando alto sem dizer muita coisa
      (Essa parte retrata uma briga. Em uma briga cada parte quer ter sua razão então por mais
      que o outro argumente, a briga é por quem grita mais)

      Fui criticada, mas as suas balas ricocheteiam
      Você atira em mim, mas eu levanto
      (Quando em um relacionamento uma parte deixa de amar a outra e termina, a outra se sente traída, ofendida e a raiva toma conta. A parte que foi “abandonada” no momento de raiva, critica a decisão do térimono, diz coisas pra machucar, pra fazer com que o outro se sinta culpado, mas nesse caso não adianta pois a parte que terminou não dá a mínima importância. Por isso a agressão verbal “ricocheteia”, pois não surte efeito. Não abala a auto estima da parte que terminou o relacionamento)


      Sou à prova de balas, não tenho nada a perder
      Atire, atire
      Ricocheteia, mire
      Atire, atire
      Você atira em mim, mas eu não caio
      Sou feita de titânio
      Você atira em mim, mas eu não caio
      Sou feita de titânio
      (Essa estrofe da música só confirma o que foi interpretado acima. O sentimento acabou e não se tem nada a perder. A parte “abandonada” pode falar o que quiser, “atirar” verbalmente o que quiser, pois não tem mais amor no jogo. Não se tem mais nada a perder da parte que terminou. Reforça mais ainda o fato da parte que terminou ser fria. Não se importar com sentimentos)

      Pode acabar comigo
      Mas você é quem terá mais para sofrer
      Cidade fantasma, amor mal-assombrado
      Erga a voz, paus e pedras podem me quebrar os ossos
      Estou falando alto, mas não estou dizendo muita coisa
      (Quanto mais a parte abandonada agredir verbalmente, falar coisas ásperas para a parte que terminou, mais ela mesma é que vai sofrer, por sentir ódio, raiva e mágoa. Um recentimento por ter sido abandonada. Então, quanto mais brigas causar, quanto mais coisas ruins praguejar, mas dor irá sentir. E a parte do “Estou falando alto, mas não estou dizendo muita coisa” reforça a idéia que estão no meio de uma discussão, e a parte que terminou pede pra outra acabar logo com a briga pois não surtirá nenhum efeito continuar discutindo.)


      Dura como pedra, (sem sentimentos)
      metralhadora
      Atirando naqueles que se erguem
      (A parte abandonda tentando agredir, afetar de algum jeito a parte que termiou, tentando fazer com que se sinta culpada e volte atrás na decisão)
      Dura como pedra, como vidro à prova de balas
      (A parte que terminou escutando as agreções verbais sem se deixar afetar por elas)

      Resumindo:
      Pode se entender que a letra se trata de um término de um relacionamento em que uma das partes é fria, é dura, é seca e termina sem dó. Que não existe mais amor da parte que terminou. A parte abandonada se sente com raiva e despeja agressoões verbais para tentar fazer com que a parte que terminou se sinta culpada e reconsidere a decisão. Como a parte que terminou é fria, tudo que será dito não surtirá efeito já que não se tem nada mais a perder.

      Excluir
    2. Poxa, muito bacana a sua interpretação, Fernanda. Realmente ela concorda com a letra da música.

      Lidar com interpretação é algo extremamente subjetivo, pois estamos lidando com linguagens simbólicas e figuradas. Portanto, uma obra pode ter múltiplas interpretações. A sua versão realmente se casa com a letra.

      Aproveitando isso, gostaria de perguntá-la a respeito do clipe.

      O clipe também está sujeito aos aspectos artísticos e subjetivos de um artista. Ele pode ter um contexto diferente, entretanto possui ligações com a mensagem que o artista deseja transmitir. Portanto, é preciso interpretar levando em consideração alguns detalhes transmitidos pelo clipe.

      Portanto, não podemos ignorar o clipe. Peço que você associe o clipe à interpretação a fim de justificara a sua leitura.

      Lembro que o clipe retrata a história da garota com poderes supernaturais que, no âmbito escolar, é perseguida só por ser “diferente”, ou então por não saber controlar seus poderes, causando uma grande destruição na escola. A “diretora” (ou professora) aciona a polícia, que persegue a garota.

      Apesar da história não ser retratada diretamente na letra da música, sabemos que o clipe, em seu contexto e em sua subjetividade, geralmente possui ligações simbólicas com a letra. Peço que indique (se houver) os momentos onde a temática do relacionamento é abordada, sobretudo o momento em que o casal rompe suas relações e tudo se torna mais frio (identificando o casal, claro), evidenciando "um término de um relacionamento em que uma das partes é fria, é dura, é seca e termina sem dó". Peço que você relacione a história contada no clipe com a sua interpretação.

      Obrigado pela sua participação e por compartilhar as suas ideias. Isso é muito importante para o blog, pois o enriquece e o deixa mais diversificado. Realmente a interpretação é um conceito difícil. Ela é dinâmica e fluida e pode ser vista sob múltiplos horizontes.

      Mais uma vez, obrigado por compartilhar suas ideias e, para enriquecer ainda mais as suas palavras, peço que compartilhe conosco a associação de sua interpretação com o clipe oficial da música, pois, de fato, precisamos levar o clipe em consideração em nossa interpretação (ele faz parte da música, faz parte da obra do artista, faz parte da mensagem que ele deseja transmitir).

      Excluir
  4. Na minha opinião, o clipe e a letra fala de uma "pessoa" que se sente diferente, as pessoas falam dela, mais ela não liga, então ela deseja fugir de tudo e de todos, mais é perseguida, mais ela não se deixa abalar, assim fazendo com que as palavras das pessoas não tenha poder suficiente para a abalá-la. :)

    ResponderExcluir
  5. Adorei o blog... Penso exatamente o mesmo que você. Claro que você soube melhor expressar as idéias!!!! Parabéns!

    ResponderExcluir