Discurso direto, indireto e indireto livre

Discurso Direto

O personagem reproduz diretamente a sua fala (o narrador não se intromete), que geralmente aparece por meio do travessão ou dos dois-pontos.


Caco entrou na sala e disse:
─ Eu tenho horror a pobre! 

ou então:


Caco entrou na sala e disse: "eu tenho horror a pobre"! 

Discurso Indireto

O personagem reproduz indiretamente a sua fala (por meio do narrador).

Caco disse que tem horror a pobre. 



Discurso Indireto Livre

É uma mistura entre o discurso direto e o indireto, ou seja: as vozes do narrador e do personagem se misturam. Não sabemos, ao certo, quem está falando.

Caco caminhava pela rua e, de repente, uma senhora tropeçou a sua frente, deixando cair o biscoito que segurava. Não pegue o biscoito. Não faça coisa de gente pobre. Porém, ela o pegou e, para a perplexidade de Caco, ela o engoliu após dar uma assoprada. Meu Deus! É o fim do mundo! 

Veja que o pensamento do narrador e do personagem (Caco) se misturam. Não sabemos, ao certo, quem está dizendo ou pensando a expressão sublinhada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário