Plural dos substantivos simples


Um assunto que costuma gerar dúvidas é a questão do plural dos substantivos. Na maior parte dos casos tudo se resolve com um mísero "s" (ex: passarinho/passarinhos, carro/carros), porém a vida é complicada e nem tudo é tão simples como aparenta ser. Em alguns casos, o plural dos substantivos gera dúvidas, como o caso de "cidadão" (cidadãos ou cidadães?), degrau (degraus ou degrais?), entre outros.  

Nesta postagem, nós vamos falar a respeito das regras do plural dos substantivos. Infelizmente, o jeito é decorar as regras.




Tem que decorar?


Substantivos terminados em "ão"

Com certeza é aqui que está a maior dificuldade do plural dos substantivos. Não existe uma regra específica para as palavras terminadas em "ão", pois o plural delas dependem da etimologia. Portanto, não existe outro jeito: é preciso memorizá-las.

1) Plural "ãos"

Todas as palavras paroxítonas terminadas em "ão" viram "ãos" no plural (ou seja: basta acrescentar o "s"), como "sótãos", "órgãos" e "bênçãos". Em algumas palavras oxítonas isso acontece, então é bom você saber de algumas, tipo: "artesãos", "cristãos", "pagãos" e "cidadãos". Tem outras mais conhecidas, como "mãos", "irmãos", "chãos", e "grãos".

2) Plural em "ães"

Poucas palavras possuem essa terminação no plural. Vejamos as principais: escrivães, tabeliães, capelães, sacristães, cães, charlatães, pães, capitães, guardiães, alemães, tabeliães.

3) Mais de um plural

E também existem aquelas palavras que aceitam mais de um plural.

-alazão - alazães e alazões
-aldeão – aldeões, aldeãos e aldeães
- anão – anões e anãos
- ancião – anciãos, anciães e anciões
- artesão – artesães e artesãos
- castelão – castelãos e castelões
- cirurgião – cirurgiões e cirurgiães
- corrimão – corrimãos e corrimões
- deão - deães e deões
- ermitão – ermitãos, ermitães e ermitões
- faisão – faisães e faisões
- guardião - guardiães e guardiões
- hortelão – hortelãos e hortelões
- refrão – refrães e refrãos
- rufião – rufiões e rufiães
- sacristão -sacristães e sacristãos
- sultão – sultões, sultãos e sultães
- Verão – verões e verãos
- vilão – vilãos e vilões
- zangão – zangões e zangãos


4) Plural em "ões".

A maioria das palavras tem esse tipo de plural. Vejamos algumas delas: cordões, limões, paixões, visões, balões, botões. Veja que essas palavras são mais conhecidas e usuais.

De olho na dica

Se preocupe em aprender os plurais mais difíceis. As palavras mais específicas são os plurais do caso 2. Já no caso 1 o plural se estende para todas as palavras paroxítonas, o que já é uma boa ajuda.

Substantivos terminados em "inho"

Se o substantivo termina em "inho" (e não em "zinho") então basta acrescentar o "s":

Exemplos:

Lapisinho - lapisinhos
Chinesinho - chinesinhos

Agora, se a palavra terminar em "zinho" (com "z") então devemos aplicar outra regra...

Substantivos terminados em "zinho"

A regra é:

1) Tira o "zinho" (volta para a palavra original)
2) Joga a palavra original para o plural
3) Tira o "s"
4) Joga o "zinho" de volta
5) Joga o "s"

Veja em "câmera lenta":

Exemplo: pãozinho

1) PÃO (tira o "zinho")
2) PÃES (joga no plural)
3) PÃE (tira o "s")
4) PÃEZINHO (joga o "zinho" de volta)
5) PÃEZINHOS (joga o "s")

Agora, tome cuidado com estes plurais:

 Hífen (hifens ou hífenes), sênior (seniores), júnior (juniores), caráter (caracteres).

Existem palavras que são usadas apenas no plural

Exemplo: as costas, os óculos, as férias, as trevas.

Existem palavras que são usadas apenas no singular (são invariáveis)

Exemplo: os tórax, as fênix.

Palavras terminadas em "L":

Nas palavras terminadas com a letra "L", nós trocamos o "L" por "IS" (o plural de "jornal" é "jornais"). Porém, se a palavra terminar com "IL", nós trocamos o "L" pelo "S" para não repetir a letra "i" (o plural de "barril" é "barris"). 

Tome cuidado com as seguintes exceções: mal (males), mel (méis ou meles), aval, (avais ou avales), cônsul (cônsules), cal (cais ou cales), mol (mols, moles ou móis, dependendo do dicionário usado), álcool (álcoois).

Sei que esse assunto é cansativo, mas enfim... são regras e regras devem ser entendidas e memorizadas. Alguns plurais são triviais e fáceis porque nós os falamos no dia a dia, mas outros a gente só usa na hora das provas e são justamente esses que caem. Portanto, se você está se preparando para uma prova, pense: "o que o professor vai cobrar? Vai cobrar os plurais fáceis ou os complicados que ninguém usa?". 

Agora, vamos ver o plural dos substantivos compostos

13 comentários:

  1. Ri muito com "câmera lenta"!

    ResponderExcluir
  2. eu acho que esse saite muito educativo para as pessoas ensino muitas coisas inportante que vc pricisa aprender obrigado pelo ensino

    ResponderExcluir
  3. Tem também varias coisas educativas que podemos aprente site muinto bom gostei de ter aprendido um pouco com voces

    ResponderExcluir
  4. ótimo site , parabens ^^

    ResponderExcluir
  5. O melhor site de português, está me ajudando bastante a melhorar. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tenho uma dúvida: não entendi o item 4) plural em ões, a parte de olho na dica que diz que as palavras mais específicas são os plurais do caso 2. Já no caso 1 o plural se estende para todas as palavras paroxítonas, o que já é uma boa ajuda, que casos são estes? onde estão explicados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu listei 4 casos: plural em "ãos", "ães", "ões" e palavras com mais de um plural. Esses são todos os casos que são estudados. Tudo o que você precisa estudar se encaixa nesses 4 casos. Eu apenas chamei a atenção para o caso 2 porque nele não existe nenhuma regra para determinar o plural: são aquelas palavras e pronto. São palavras bem específicas e por causa disso costumam cair mais em provas de concurso.

      Excluir
  7. Eu achei mais fácil decorar a regra do "Zinho" da seguinte forma:

    Acrescenta o S no final da palavra e o "ão" troca-se por "ãe"

    PÃOzinho
    PÃEzinhoS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma forma mais rápida de decorar. Obrigado por ter compartilhado a sua ideia.

      Excluir
  8. Peter Ensi, você simplesmente está de parabéns pela iniciativa do site, muito dinâmico, objetivo e fez com que o tão temido português ficasse fácil de aprender, encontrei mais facilidade do quando estudava pelo cursinho.

    ResponderExcluir
  9. eçi sait é realmenti muimtu bon

    ResponderExcluir
  10. execelente! Vou seguir seu roteiro.

    ResponderExcluir