Tipos de Adjuntos Adverbiais




Vamos ver, agora, uma lista dos principais tipos de adjuntos adverbiais. Não se preocupe em decorá-los, mas sim se preocupe em entendê-os para, assim, ser capaz de identificá-los. 

Revisão: os adjuntos adverbiais são os termos da oração que indicam circunstâncias e características dos verbos, dos advérbios e dos adjetivos.  Se você quiser entender melhor o que são adjuntos adverbiais, clique aqui

Adjuntos Adverbiais: tipos e exemplos


Adjunto Adverbial de Lugar 

O que é: indica onde ocorreu a ação.
Exemplos de expressões: aqui, lá, ali, acolá
Exemplos: Joãozinho dançou no clube / A caneta caiu aqui /  Suas coisas estão ali / Passamos a noite no hotel.
Observação: usamos vírgulas para marcar o adjunto adverbial se ele trocar de posição. Ex: "Lá no Rio de Janeiro, existe linhas de metrô e de trem".

Adjunto Adverbial de Tempo


O que é: indica quando ocorreu a ação.
Exemplos de expressões: ontem, hoje, agora, cedo, há um minuto, amanhã
Exemplos: Joãozinho dançou na semana passada / a caneta caiu há dois minutos / vou estudar amanhã / estou trabalhando agora.
Observação: usamos vírgulas se o adjunto adverbial trocar de posição. Ex: "Na semana passada, eu estudei Português".

Adjunto Adverbial de Modo

O que é: indica como ocorreu a ação (o modo que ocorreu)
Exemplos de expressões: melhor, pior, bem, mal, infelizmente.
Exemplos: Joãozinho dançou bem / esperou tranquilamente pela resposta / fiquei à vontade na sala / ela estava aparentemente cansada.

Adjunto Adverbial de Afirmação

O que é: expressa afirmação e certeza
Exemplos de expressões: sim, certamente, com certeza, realmente
Exemplos: Joãozinho certamente dançará / sim, ele realmente precisa de sua ajuda.

Adjunto Adverbial de Negação 

O que é: expressa negação absoluta.
Exemplos de expressões: não, nunca, jamais, de jeito nenhum, de modo algum
Exemplos: em hipótese alguma Joãozinho dançará / Pedro não precisa de você e nunca vai precisar assim como ele jamais precisou.

Adjunto Adverbial de Dúvida

O que é: expressa dúvida e incerteza
Exemplos de expressões: talvez, provavelmente, quiçá, quem sabe
Exemplos: quem sabe Joãozinho dance / provavelmente ela não irá aceitar / talvez eu espere aqui.

Adjunto Adverbial de Finalidade

O que é: indica o propósito da ação, a finalidade.
Exemplos de expressões: para, a fim de
Exemplos:  está estudando para passar de ano / o atleta treinou bastante a fim de ganhar o campeonato.
Observação: para expressar finalidade, o correto é escrever "a fim de" (e não "afim de").

Adjunto Adverbial de Intensidade

O que é: intensifica o sentido do verbo (ou então do advérbio ou do adjetivo). 
Exemplos de expressões: muito, mais, demais, pouco, bastante, extremamente 
Exemplos: estudei demais / dançou muito bem / ela é bastante inteligente
Observação: veja que o adjunto adverbial pode intensificar não apenas o sentido de um verbo ("estudei demais"), mas também de um advérbio ("dançou muito bem") ou de um adjetivo ("muito inteligente"). 
Observação 2: o adjunto adverbial é invariável (não vai para o plural, por exemplo, sendo sempre a mesma palavra). Ex: "ele é muito legal" e "eles são muito legais". Se não expressar intensidade, então a palavra pode ir para o plural. Ex: "estou com muitos problemas", "estudei bastantes matérias" (isso mesmo: o certo é "bastantes"). 

Adjunto Adverbial de Concessão

O que é: expressa algo que vai contra as expectativas, algo que não é esperado. 
Exemplos de expressões: embora, apesar
Exemplos: apesar de não gostar de ler, ele leu o livro / embora o produto seja caro, eu vou comprá-lo.

Adjunto Adverbial de Causa

O que é: expressa o que causou algum fato. 
Exemplos de expressões: por, devido a, por causa de, de. 
Exemplos: morreu de fome / não vou sair por causa da tempestade / foi demitido por dormir no trabalho.   

Adjunto Adverbial de Meio

O que é: expressa o meio que a ação foi realizada.
Exemplos de expressões: de, pelo 
Exemplos: fomos de carro / enviamos a carta pelo correio.

Mais Adjuntos Adverbiais


de conformidade - ele estudou conforme as orientações do professor
de companhia - viajou com o amigo 
de material - fez a escultura com madeira 
de preço - o livro custa cem reais
de condição - só vou pagar se você fizer uma promoção 
de assunto - os dois conversavam sobre futebol 
de instrumento - quebrou a janela com uma pedra
de acréscimo - quebrou a janela e, além disso,  debochou da minha cara
de frequência - às vezes ele não vai para a escola e sempre encontra uma desculpa
de substituição - deixou de ir à escola por ir jogar bola

Observação: Não existe classificação oficial ou consenso entre os tipos de adjuntos adverbiais e cada gramática faz a sua própria classificação. Às vezes, o mesmo adjunto adverbial pode ter diferentes nomes. O importante não é simplesmente decorar os nomes, mas sim entender os efeitos provocados pelos adjuntos adverbiais dentro das orações.

No próximo artigo nós vamos estudar outra função sintática: o aposto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário