Adjetivo - definição e classificação


Geraldo usou o serviço da loja.
Geraldo usou o excelente serviço da loja. 


Veja que eu acrescentei um adjetivo para caracterizar um substantivo. É esse o papel do adjetivo: mostrar uma característica do substantivo. Nesse caso, o substantivo é "serviço" e eu estou caracterizando esse serviço como "excelente".

É para isso que o adjetivo serve: ele atribui uma qualidade ou característica a um substantivo.




Agora que já vimos a definição vamos ver a classificação dos adjetivos:


Adjetivos explicativos e restritivos 


Os alunos do professor Geraldo serão ótimos jogadores de futebol. 

Típico aluno veterano do professor Geraldo.


O adjetivo é "ótimos". Agora, são todos os alunos do mundo que serão ótimos jogadores de futebol? E a resposta é: não. Eu só falei dos alunos que têm aula com o professor Geraldo. Logo, existe uma ideia de restrição aí (estamos restringindo o sentido do "ótimos jogadores" apenas aos alunos do professor Geraldo). Portanto, esse adjetivo, nesse contexto, é um adjetivo restritivo.


Todo mundo passa por situações perigosas



Nessa frase, o termo com função de adjetivo é "perigosas", que caracteriza a palavra "situações". Note que, ao contrário do exemplo anterior, a ação verbal se aplica a todo mundo; não se restringe a um certo grupo. Logo, o adjetivo é explicativo.


Além dessa classificação, temos os adjetivos:

compostos (ex: luso-brasileiro), simples (ex: magro), derivados (ex: belíssimo, que vem de "belo") e primitivos (ex: belo).

Os adjetivos, como você percebeu ao longo dessa postagem, se flexionam em número (ex: "ótimo" e "ótimos"), em grau (bonita, bonitona, bonitinha) e em gênero ("ótimo" e "ótima').

Adjetivos pátrios
Relativos ao lugar de origem (cidades, estados, países...)

Exemplo:
Ceará - adjetivo pátrio: cearense
Rio de Janeiro - adjetivo pátrio: carioca ou fluminense
Tangamandápio - adjetivo pátrio: tanga... não sei

Locução Adjetiva 

Quando um termo com mais de uma palavra tem a função de adjetivo, nós o denominamos de "locução adjetiva", da mesma forma que existe "locução verbal" e "locução adverbial".

Carne bovina (adjetivo)
Carne de boi (locução adjetiva)




21 comentários:

  1. Achei muito bom este site, não trata a língua portuguesa de forma chata e séria, mas ensina divertindo.

    ResponderExcluir
  2. Adorei!Além de estar estudando estou me divertindo!

    ResponderExcluir
  3. muito bom!!!! além da gente aprender facilmente , não é um exagero de texto !!!

    ResponderExcluir
  4. Este site é uma maravilha. Parabéns. Abraços

    ResponderExcluir
  5. Esperando a morte é o melhor kkk

    ResponderExcluir
  6. Muito bom. E Tangamandápio existe. É
    uma cidade do México.

    ResponderExcluir
  7. Tenho uma dúvida.O adjetivo muda de classificação dependendo do contexto?

    Se eu falar que "Os presos da penitenciária X são perigosos"

    Estou me referindo somente aqueles presos,deixa de ser explicativo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, ao falarmos em classificação nós precisamos saber qual é o tipo de classificação. Em se tratando de sentido nós vamos nos associar à classificação da Sintaxe, onde os adjetivos estão envolvidos na forma de "adjuntos adnominais" e também nas "orações subordinadas adjetivas". Aí sim: as orações subordinadas adjetivas podem ser explicativas ou restritivas.

      No exemplo que você deu, a expressão "da penitenciária" é um adjunto adnominal (podemos dizer, por exemplo, "os presos penitenciários"). Essa é a sua classificação: adjunto adnominal
      Agora, nós só usamos "restritivo" ou "explicativo" nas orações subordinadas adjetivas. Aí sim: essas orações mudam de classificação conforme o contexto.

      Exemplo:

      Os presos, que estão na penitenciária, são perigosos (explicativo)
      Os presos que estão na penitenciária são perigosos (restritivo)

      No primeiro exemplo a expressão "que estão na penitenciária" é uma oração subordinada adjetiva explicativa, pois eu estou falando de TODOS os presos. No segundo exemplo nós temos uma oração subordinada adjetiva restritiva (pois somente os presos que estão dentro da penitenciária são perigosos).

      Agora, no exemplo "os presos da penitenciária são perigosos" a expressão "da penitenciária" é um adjunto adnominal e, nesse caso, não há classificação do tipo "explicativo" ou "restritivo". Essa classificação só aparece quando estamos analisando orações subordinadas adjetivas. Claro que, pelo contexto, podemos entender que "os presos da penitenciária" tem um aspecto restritivo, que é o aspecto que caracteriza os adjuntos adnominais.

      Excluir
  8. No exemplo sobre substantivação ' A excelência faz parte...' se tirarmos o artigo se torna adjetivo???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. "Excelência" é substantivo.

      Percebi que o exemplo que eu dei não foi muito adequado. Vou explicar a questão do artigo com outro exemplo:

      1) Vou jantar mais cedo hoje.
      2) O jantar será mais cedo hoje.

      Em 1, a palavra "jantar" é verbo. Já em 2 a palavra "jantar" é um substantivo: foi substantivado pelo artigo "o".

      Excluir
  9. Vi em um dos exemplos sobre adjetivo transformando-se em substantivo que você utilizou mal como adjetivo, é isso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Bem observado! "Mal" é advérbio e "mau" é adjetivo (ou substantivo também). Obrigado!

      Excluir
  10. Curto bastante seu blog, parabéns!! Que tal se fizeres alguma postagem sobre ROMANTISMO?? Gracías.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até o final desse ano eu completo o conteúdo de Literatura, que no momento se encontra incompleto. Por enquanto eu tenho desenvolvido a parte de produção textual e outras pendências, mas eu vou retomar Literatura Brasileira.

      Excluir

Obrigado por comentar no Blog do Gramaticando!