Classificação dos substantivos

Já definimos e explicamos o que é um substantivo (clique aqui para reler). Agora, veremos como os substantivos podem ser classificados. 

SUBSTANTIVOS PRÓPRIOS X SUBSTANTIVOS COMUNS

Os substantivos próprios são nomes que que se referem a algo ou a alguém de modo específico e particularsendo escritos sempre com letra maiúscula, enquanto que os substantivos comuns são nomes comuns e genéricos, sendo escritos com letra minúscula. 

A palavra "país" é um substantivo comum, enquanto que "Brasil" é um substantivo próprio (pois é o nome de um país específico). A palavra "empresa" é um substantivo comum, enquanto que Google é um substantivo próprio (é o nome de uma empresa específica). 

Titanic é substantivo próprio (nome de um navio e também de um livro e também de um filme), África é substantivo próprio (nome de um continente), João é substantivo próprio (nome de pessoa), enquanto que as palavras "navio", "livro", "filme", "continente" e "pessoa" são substantivos comuns (genéricos), escritos com letra minúscula. 

São substantivos próprios nomes de pessoas, de empresas, de cidades, de filmes, de livros etc. 


Agora, veja uma coisa interessante:

A palavra "caneta" é um substantivo comum, certo? Eu tenho uma caneta aqui, você tem a sua caneta aí e há canetas espalhadas pelo mundo. A palavra "caneta" é um nome comum de um objeto comum. Se eu acordar mal-humorado amanhã e resolver, do nada, trocar o nome do meu cachorro para "caneta", aí esse substantivo passa a ser próprio e eu usarei a letra maiúscula: "Venha cá, Caneta!". Não se trata mais do objeto caneta (substantivo comum), mas sim do nome próprio do meu cachorro. Portanto, é fundamental estarmos sempre atentos ao contexto, ou seja: à situação em que a palavra estiver sendo utilizada. 

Sorria, Caneta! Que coisa linda!



SUBSTANTIVO SIMPLES X SUBSTANTIVO COMPOSTO

Os substantivos simples são formados por apenas um radical, enquanto que os substantivos compostos são formados por mais de um radical

Por exemplo: "flor" é substantivo simples, mas "couve-flor" é substantivo composto (couve + flor).

OK, mas... o que é radical?

O radical nada mais é do que o pedaço da palavra que guarda o significado dessa palavra, se repetindo nas palavras que pertencem a uma mesma família (ex: pedra, pedreiro, pedregulho, pedreira etc). Depois nós vamos estudar isso com mais detalhes (no conteúdo de Estrutura e Processo de Formação de Palavras).


SUBSTANTIVO PRIMITIVO X SUBSTANTIVO DERIVADO 

Os substantivos derivados são criados a partir de um primitivo. Por exemplo, o substantivo "pobreza" é derivado de "pobre". Logo, a "pobreza" é um substantivo derivado, enquanto que "pobre" é um substantivo primitivo. 


Burrice é uma palavra derivada de burro



Observação: As palavras podem mudar de classe gramatical de acordo com o contexto (ou seja: de acordo com a situação em que elas são usadas). "Burro" pode funcionar tanto como substantivo, indicando o animal ("o burro está amarrado a uma cadeira"), como também pode ser adjetivo, indicando um xingamento, uma ofensa (ele é muito burro!). Veremos a classe dos adjetivos mais adiante.  


SUBSTANTIVOS CONCRETOS X SUBSTANTIVOS ABSTRATOS


Substantivos concretos são aqueles que existem por si só, enquanto 
que os substantivos abstratos são aqueles que dependem de outros substantivos para existirem. 


NÃO ENTENDI NADICA DE NADA!


Calma... veja o exemplo:


João sentiu felicidade porque ganhou um grande desconto na loja


Belo desconto



João é o nome de uma pessoa e ele existe por si só, sem depender de ninguém para existir no universo. Logo, João é substantivo concreto. Por outro lado, a felicidade (nome de um sentimento) precisa de alguém para existir (pois um sentimento existe porque alguém sente esse sentimento). Se ninguém sentir felicidade, ela não existe, entendeu? A felicidade, por ser um sentimento, só existe porque existem seres vivos para sentires esse sentimento.  Portanto, os sentimentos são substantivos abstratos (dependem da existência concreta de alguém para existirem, para se manifestarem).

AINDA NÃO ENTENDI!

Calma, jovem... Observe, com atenção, estas duas frases:


A esteira de Janete.
A beleza de Janete.


Agora, vamos supor que Janete foi caminhar na esteira e morreu de forma misteriosa.





A Janete morreu, mas a esteira dela continua existindo, já que a esteira independe de Janete para existir. É por isso que esteira é um substantivo concreto (é algo que existe por conta própria).

A Janete morreu, então a beleza dela se foi junto com ela, não é verdade? Isso ocorre porque beleza é um substantivo abstrato (só existe em função de algo, ou seja: depende de outro substantivo para existir).



DICAS


Essa questão sobre a existência das coisas é algo que pode confundir a gente. Sendo assim, aí vão algumas dicas importantes:

De um modo geral, são substantivos abstratos: ações ("o canto", de cantar; "a corrida", de correr; "a venda", de vender; "o nado", de nadar, etc) sentimentos (felicidade, amor, tristeza, vergonha), sensações (fome, sede, calor), virtudes e qualidades (bondade, fé, inteligência, paz, justiça, liberdade).

E, de modo geral, são substantivos concretos tudo o que não for substantivo abstrato, tendo existência própria: pessoas (João, José, Maria, Astolfo, Paulo, Chico), lugares (Brasil, Rio de Janeiro, Marte, Europa, Ponta Grossa), objetos (colher, copo, computador, celular), animais, frutas, vegetais e minerais (cavalo, burro, alface, tomate, maçã, banana, ferro, ouro).

Também são substantivos concretos: fenômenos naturais (chuva, dia, noite, temporal, vento), entidades (Deus, espírito, demônio, diabo, fada, duende, gnomo) e conceitos matemáticos (algarismo, número, linha, triângulo). Cuidado com a pegadinha: tempo, oxigêniodinheiro também são substantivos concretos.

Atenção: Deus é substantivo concreto,.

Também são substantivos concretos: diaboanjodemôniofadagnomoduende. Eles existem, seja no mundo real, seja no mundo imaginário. Portanto, entidades sobrenaturais ou fantasiosas são substantivos concretos. 

OBSERVAÇÃO

Você acabou de ver quatro pares de classificações para os substantivos: próprios e comuns, simples e compostos, primitivos e derivados, concretos e abstratos. É importante salientar que um mesmo substantivo pode ser classificado em cada um desses pares de classificações (uma classificação não exclui a outra). 

Por exemplo:

A palavra "gato" é um substantivo comum, simples, primitivo e concreto







SUBSTANTIVOS COLETIVOS

Ainda temos os substantivos coletivos, que são usados para definir um grupo ou conjunto de seres ou coisas.

Ex: molho (conjunto de chaves), alcateia (grupo de lobos), arquipélago (conjunto de ilhas), atlas (conjunto de mapas) etc.






           ROTEIRO "CLASSES GRAMATICAIS"        

Próximo:


46 comentários:

  1. obrigada, me ajudou mto no trabalho de lingua portuguesa.. valeeeeeeu!!! :) Crysthian Gonçalves dos Santos- SP

    ResponderExcluir
  2. Está correto??: Já definimos e dizemos o que é um substantivo?? não é: Já definimos e dissemos o que é um substantivo?? Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, são tempos verbais diferentes. Muito obrigado pela sua correção!

      Excluir
  3. Cobro? Morri de rir. Estudar se divertindo é maravilhoso

    ResponderExcluir
  4. Uma duvida ali no ultimo exemplo, o substantivo comum de dois gêneros no caso é "personagem" ou os artigos "a" e "o"? Porque são os artigos que estão em negrito e isso me confundiu um pouco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, o substantivo é "personagem". Os artigos estão em negrito para ressaltar que "personagem" pode ser tanto uma palavra feminina ("a") como masculina ("o").

      Excluir
  5. Nossa parabéns ,, vcs são incríveis

    ResponderExcluir
  6. Olá,são ótimas as informações, mas estou com a seguinte dúvida: estou estudando em um livro de gramática que cita o substantivo mulher como substantivo concreto, o que me parece estar dentro dos critérios, porém mulher não seria substantivo comum também? É possivel um substantivo concreto ser comum também? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Na verdade, há mais de um tipo de classificação de substantivos. Num aspecto, eles podem ser simples ou compostos. Em outro, eles podem ser abstratos ou concretos. Em outra classificação, eles podem ser próprios ou comuns. A palavra "mulher", por exemplo, é um substantivo simples, concreto e comum. O que não pode acontecer é dizermos que um substantivo é simples e composto ao mesmo tempo, ou então concreto e abstrato ao mesmo tempo.

      Excluir
    2. Tbm fiquei com essa dúvida, mas com a sua resposta me veio outra dúvida,kkk... Por que não pode ser dito que um substantivo é composto e simples ao mesmo tempo, ou concreto e abstrato ao mesmo tempo? Se mulher é um substantivo simples, comum e concreto, por que ao mesmo tempo? Obrigada

      Excluir
    3. Imagine que o substantivo possui várias classificações: tudo depende do tipo de classificação. Numa classificação, eles podem ser simples (formados por uma única palavra, como "porta") ou podem ser compostos (formados por mais de uma palavra, como "porta-malas"). Agora, em outra classificação, eles podem ser próprios (nome de pessoas, como "Geraldo") ou comuns (nomes comuns, como "lápis"). Logo, os substantivos possuem mais de uma classificação. "Porta-malas" é um substantivo comum (porque não é nome de gente nem de lugar: é comum), é também um substantivo composto (porque é formado por duas palavras e não por uma) e também é concreto (não é sentimento nem virtudes, como os substantivos abstratos).

      Portanto, existem vários tipos de classificação: simples ou composto, concreto ou abstrato, primitivo ou derivado, próprio ou comum, etc... Um substantivo pode ter vários tipos de classificações. Não pode ser simples e composto ao mesmo tempo (não tem como uma palavra ser formada, ao mesmo tempo, por uma única palavra e também por mais de uma palavra), mas pode ser simples e próprio ao mesmo tempo (pode ser formado por uma única palavra e pode ser o nome de um lugar ou de uma pessoa).

      Faça o seguinte: entenda bem cada classificação (simples, composto, concreto, abstrato, etc...); Depois que você entender o que é cada uma, faça o teste: escolha um substantivo e se pergunte se ele é simples, se ele é composto, se ele é concreto, se ele é abstrato e etc... Você verá que ele tem várias classificações porque existem vários tipos de classificação.

      Excluir
  7. Adorei estudar por aqui! :D

    Laís

    ResponderExcluir
  8. consegui fazer a atividade huehuehuehueBR

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, muito bom! Vou estudar melhor agora...

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde.
    "Desconto" é substantivo abstrato?
    Para haver desconto, é necessário que exista um elemento ao qual o desconto se aplique.
    Acertei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Desculpe, perguntei a mesma coisa duas vezes. Não percebi.

      Excluir
  11. Eletricidade é um substantivo concreto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Eletricidade é um fenômeno físico e concreto, assim como as manifestações da natureza (chuva, relâmpago, terremoto, neve, tempestade, etc...). Portanto, podemos considerar a Eletricidade um substantivo concreto sim.

      Excluir
  12. Cara, que material maravilhoso! Caiu como uma luva para mim, que estava sem saber nem por onde começar a estudar. Agora posso me situar nos assuntos principais da matéria: estudando aqui no Blog, e complementando com os livros e provas.
    Muito obrigado! Vai me ajudar muitíssimo.

    Josiael Silva

    ResponderExcluir
  13. Também está me ajudando muito, espero que esse blog continue a me ajudar, pois não sabia nem por onde começar, agora estou indo bem.

    ResponderExcluir
  14. Neste caso, o substantivo epiceno é usado excepcionalmente para animais. É isso que o diferencia do Substantivo Comum de dois gêneros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o epiceno é usado somente para os animais. Afinal, somente os humanos e os animais são classificados pelo sexo feminino ou masculino e, dos dois, apenas os animais são classificados como "macho" ou "fêmea".

      No comum de dois gêneros, o sexo é diferenciado apenas pelo artigo que aparece antes da palavra ("o motorista" ou "a motorista", "o adolescente" ou "a adolescente", "um jovem" ou "uma jovem").

      Excluir
  15. To gostando muito ! muito melhor que a apostila que comprei :)

    ResponderExcluir
  16. "Não existe cobro" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, adorei!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns, muito bom não tinha ideia de como estudar.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns, muito bom não tinha ideia de como estudar.

    ResponderExcluir
  19. Muito bom, fantástico, de muito fácil compreensão, mas gostaria de saber se posso repassar!

    ResponderExcluir
  20. Até agora triste pela Janete... Tadinha...

    ResponderExcluir
  21. Parabéns, muito bom não tinha ideia de como estudar

    ResponderExcluir
  22. Parabéns, estou adorando as explicações e dando muita risada com a esteira da Janete! hahaha

    ResponderExcluir
  23. Fantástico, simplesmente sensacional, obrigado pela ajuda amigo; agora sei como estudar a língua portuguesa.

    ResponderExcluir
  24. Obrigado me ajudando em 2017 Valeu!

    ResponderExcluir
  25. O correto para lobo não seria MATILHA? ALI TA ALCATEIA de abelhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      O coletivo de abelhas pode ser colmeia ou enxame. Alcateia (ou matilha) é coletivo de lobos.

      Excluir
  26. Haha, estudar e não perder a diversão. Blog muito interativo, didático e eficiente. Parabéns pelo belo trabalho =)

    ResponderExcluir

Licença Creative Commons
Blog do Gramaticando, de Vinícius Souza Figueredo, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Brasil, ANO XI. Tecnologia do Blogger.
©