Colocação Pronominal

Você já viu aqui quem são os pronomes. Agora, vamos estudar a Colocação Pronominal.

 Não me convença a comprar essa BMW. 
 Não convença-me a comprar essa BMW.



O exemplo escrito de modo correto é o primeiro (não me convença a comprar essa BMW). Saber quando o pronome pessoal vem antes do verbo (me convença) ou depois (convença-me) ou até mesmo no meio (convencer-me-á) é tarefa da Colocação Pronominal. Existem regras que devemos saber ao empregar pronomes. 

Vejamos:

Próclise - o pronome vem antes do verbo 

Em orações com sentido negativo

Não me convença a comprar essa BMW 
(seria errado escrever "convença-me")

Depois de pronomes interrogativos:

Quem te disse que era para carregar o carro? 
(seria errado escrever "quem disse-te")



Depois de pronomes demonstrativos:

Aquilo me fez cair 
(seria errado escrever "aquilo fez-me cair")


Antes de verbos no gerúndio 

Em se tratando de emprego, a caixa de Skinner era melhor 
(seria errado escrever "em tratando-se de emprego")


Depois de advérbio (ou locução adverbial)

Ontem me forneceram muitos materiais de auxílio ao professor
(seria errado escrever "ontem forneceram-me")


Basicamente, são nessas ocasiões que usamos a próclise (pronome antes do verbo). 

Mesóclise - o pronome vem no meio do verbo 

Esse é para os mais "chiques". Nós praticamente não a usamos na linguagem coloquial, mas se você quiser dar uma de erudito e de intelectual, então vá em frente, meu filho!

Usamos a mesóclise quando o verbo está conjugado no futuro. 

Comprar-te-ei um chapéu!


Ênclise - pronome depois do verbo 

Se nenhuma dessas regras se enquadrarem no uso do pronome, então você pode usar a ênclise (pronome depois do verbo).

Disseram-lhe que estava um pouquinho acima do peso para usar a roupa do Spider Man. 






7 comentários:

  1. Oi! Eu tenho uma dúvida.
    Tenho que traduzir do castellano a frase:
    Descubrelos clicando aquí.
    Eu traduzi assim:
    Descubra-os clicando aqui.
    O uso do pronome em descubra-os seria correcto?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Martinez, não conheço muito o espanhol. Porém, eu sei que nessa língua não se usa o hífen para a colocação pronominal. Logo, o pronome de "descubrelos" é o "los", que traduzido para o português fica "os"(porque em espanhol o "o" vira "lo", o "os" vira "los", o "a" vira "la", o "as" vira "las").

      Portanto, a sua tradução está correta sim.

      Excluir
  2. Vinic, na frase "Se usa mesóclise quando o verbo está conjugado no futuro (do presente ou do pretérito)"
    O "se" não deveria estar depois do verbo "usar"? Já que é o começo da frase.
    Ficando "usa-se mesóclise ...", procede ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, é verdade, eu nem percebi. Obrigado. Foi descuido meu.

      Excluir
  3. Já estou ficando craque em gramática e consigo escrever bem melhor do antes(Ainda não sou um Machado de ASsis). Fato, tem muita decoreba, mas existe uma grande parte que é pura lógica, por exemplo, a sintaxe 1 e 2 lembrado os nomes dos conceitos, o que resta é a lógica..
    Gostei do blog, voÇês simplificam bem a gramática, mas em certos posts ficam faltando algumas regrinhas que por vezes fazem diferença, sei disso porque tenho uma manual aqui em casa e geralmente entro aqui no blog quando não entendo o que está na gramática.

    ResponderExcluir
  4. Muito legal esse blog, estou adorando melhorar meu português por ele!
    Só uma observação: na explicação de Próclise, em DEPOIS DE PRONOMES INDEFINIDOS, o correto seria DEPOIS DE PRONOMES INTERROGATIVOS, pois, o próprio pronome dado como exemplo, QUEM, é interrogativo.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é verdade. Obrigado pela observação, eu ajeitei o post. Um abraço!

      Excluir