Predicado


Hoje nós vamos explicar o que é predicado. Porém, para entender esse assunto da melhor maneira possível e ficar feliz, é importante que você saiba o que são verbos transitivos ou intransitivos (clique aqui), o que é predicativo do sujeito (clique aqui) e o que é predicativo do objeto (clique aqui). Se eu acabei de falar grego e você não entendeu nada, então clique nos parênteses para revisar esses três assuntos. Afinal, você precisa deles para entender o assunto que eu vou explicar agora. 

O que é predicado?


O predicado nada mais é do que tudo o que é dito e declarado a respeito do sujeito da oração. Como a oração inteira gira em torno do sujeito, nós podemos dizer, de modo geral, que a oração é formada pelo sujeito e pelo seu predicado.

Agora, vamos falar dos tipos de predicado, que é onde o bicho pega (e come).

Tipos de Predicado 


Predicado Verbal

O predicado verbal é aquele que expressa ação. Portanto, o predicado verbal aparece nas orações com verbos transitivos (diretos, indiretos ou os dois) ou intransitivos. Além disso, o núcleo do predicado sempre será o verbo da oração. Exemplo:


O que leva uma pessoa a pisar na parede?


Astolfo pisou na parede 

O verbo "pisar" é um verbo que expressa ação. Portanto, o predicado "pisou na parede" é um predicado verbal (e o seu núcleo é o verbo "pisou").

Predicado Nominal

O predicado nominal é aquele que tem um verbo de ligação. Portanto, o predicado nominal é aquele que tem um predicativo do sujeito. O núcleo do predicado nominal não é o verbo, mas sim é o predicativo do sujeito.





Astolfo ficou chateado com a nota da prova de matemática

O verbo "ficou" é um verbo de ligação (porque não expressa ação, mas sim um estado, atribuindo ao sujeito uma característica). Portanto, o predicado "ficou chateado com a nota da prova de matemática" é um predicado nominal (e o seu núcleo é "chateado", predicativo do sujeito).

Predicado Verbo-Nominal

O predicado verbo-nominal é aquele que mistura o predicado verbal com o predicado nominal, expressando, ao mesmo tempo, ação e estado. Portanto, ele tem dois núcleos: um núcleo verbal (do verbo da oração) e um núcleo nominal (que pode ser um predicativo do sujeito ou predicativo do objeto). Veja o exemplo:

Ambrósio foi feliz para a escola

Essa oração expressa uma ação ("Ambrósio foi para a escola") e, ao mesmo tempo, expressa um estado ("Ambrósio estava feliz"). Portanto, o predicado "foi feliz para a escola" é um predicado verbo-nominal. O núcleo verbal é o verbo "foi" e o núcleo nominal é o predicativo do sujeito ("feliz").

O predicado verbo-nominal também pode ter um predicativo do objeto, como por exemplo:

Ambrósio chamou o gato de Reginaldo Pinto

Essa oração tem um predicado verbo-nominal, já que expressa ação ("Ambrósio chamou") e estado ("Reginaldo Pinto", o predicativo do objeto "gato").

Resumo da Ópera:

Predicado Verbal: expressa ação. Tem verbos transitivos ou intransitivos.

Predicado Nominal: não expressa ação, mas sim estado. Tem verbos de ligação e tem predicativo do sujeito.

Predicado Verbo-Nominal: mistura o predicado verbal com o nominal e bate tudo no liquidificador. Tem verbo transitivo ou intransitivo (núcleo verbal) ao mesmo tempo que tem um predicativo do sujeito ou do objeto (núcleo nominal).



2 comentários:

  1. Seus textos são bem dinâmicos. Parabéns pela iniciativa do site, está me ajudando muito.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado mestre, pelo seu desempenhos neste blog. Está sendo de grande ajuda.

    ResponderExcluir