Exemplos de Adjuntos Adnominais

Olá!

Dando sequência ao nosso roteiro de estudo sobre Análise Sintática, hoje eu vou dar alguns exemplos de adjuntos adnominais para você entender melhor o conteúdo da postagem anterior (clique aqui para ler o post anterior). Ao mesmo tempo, nós vamos fazer algumas análises sintáticas para relembrarmos todo o conteúdo estudado até agora. 

Como estudamos anteriormente, os adjuntos adnominais são termos acessórios que caracterizam ou determinam um substantivo (ficam ao redor do substantivo, ficam ligados a um substantivo).

Dica: para encontrar os adjuntos adnominais, localize os substantivos e veja quais palavras estão ligadas a esses substantivos. Os adjuntos adnominais podem ser de diversas classes gramaticais (como adjetivo, pronome, artigo e numeral, por exemplo).


Exemplo 1: 

O cachorro feliz saiu correndo.

Veja que o artigo "o" está funcionando como adjunto adnominal do substantivo "cachorro" (o artigo está determinando o substantivo – "o cachorro") e o adjetivo "feliz" também está funcionando como adjunto adnominal de "cachorro" (o adjetivo está caracterizando o substantivo – "cachorro feliz"). Portanto, o artigo "o" e o adjetivo "feliz" funcionam como adjuntos adnominais do substantivo "cachorro". 

Análise Sintática:

"O cachorro feliz" é o sujeito da oração. Dentro do sujeito, o artigo "o" e o adjetivo "feliz" funcionam como adjuntos adnominais do substantivo "cachorro" (esses termos estão determinando e caracterizando o substantivo "cachorro"). Depois do sujeito, aparece uma locução verbal (dois verbos que funcionam juntos) . Essa locução ("saiu correndo") tem caráter intransitivo (não precisa de complemento, ou seja: não precisa de objeto porque tem o sentido completo). A oração acaba aí.

Observação: os adjuntos adnominais não são os termos mais importantes da oração (eles são termos acessórios que ficam ligados a outras palavras). Observe que a ideia da oração pode ser resumida sem adjuntos adnominais ("cachorro saiu correndo"). Sem os adjuntos, a oração continua tendo sentido. 


exemplos adjuntos adnominais
Cachorro feliz


Exemplo 2:

O meu professor entregou a nota da prova para mim.

O artigo "o" e o pronome "meu" são adjuntos adnominais de "professor". O artigo "a" e a expressão "da prova" são adjuntos adnominais do substantivo "nota".

Observação: mais uma vez perceba que os adjuntos adnominais são termos acessórios (secundários). A ideia principal da oração pode ser resumida pelas palavras mais importantes: "professor entregou nota para mim". 

Análise Sintática:

Sujeito: "o meu professor"
Verbo: "entregou" (verbo transitivo direto e indireto)
Objeto Direto: "a nota da prova"
Objeto Indireto: "para mim"
Adjuntos Adnominais: "o", "meu", "a", "da", "prova".


Exemplo 3:

Os dois gatos de Joãozinho têm medo de água.


As palavras "os", "dois", "de" e "Joãozinho" são adjunto adnominais do substantivo "gatos". Os adjuntos adnominais estão ligados ao substantivo "gatos", que é a palavra mais importante (é o núcleo do sujeito). Todos os adjuntos ao redor estão ligados a "gatos". 

Análise Sintática:

Sujeito: "os dois gatos de Joãozinho"
Verbo: "têm" (transitivo direto)
Objeto Direto: "medo"
Complemento Nominal: "de água"
Adjuntos Adnominais: "os", "dois", "de", "Joãozinho"


Um dos gatos de Joãozinho

ATENÇÃO!

Tome muito cuidado para não confundir adjunto adnominal com complemento nominal. Eu escrevi um artigo só sobre isso e é importante que você o leia antes de avançar a matéria (clique aqui para ler). 

ATENÇÃO!

Tome muito cuidado para não confundir adjunto adnominal com predicativo do objeto. Antes de avançar a matéria, dê uma lida no artigo que eu escrevi sobre esse assunto (clique aqui). 


Nenhum comentário:

Postar um comentário